quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Blogstorming Materno: Publicidade nos blogs!

Olá caros visitantes e mamães leitoras... ! 

Acabo de me tornar membro do Clube das Mães e Pais Blogueiros e  lá eles sugeriram uma espécie de blogagem coletiva: O blogstorming, que veio da união das palavras blog + brainstorming que significa algo como explosão de ideias. Nada mais é que a opinião de cada uma de nós sobre um determinado tema. Como o tema sugerido por eles é uma das minhas paixões, resolvi escrever. 

Quando criei esse blog, não tinha me atentado que se podia ganhar dinheiro com isso. Apesar de ser estudante de Publicidade e ter visto na facul inúmeras formas de mídias alternativas, nunca imaginei que a minha páginazinha da internet poderia se tornar um negócio lucrativo. Eu sempre quis mesmo expor minhas idéias e registrar minha história: Só!

O fato é que tenho visto que muita gente entrou nessa onda. Seja por meio de publieditoriais, que são os posts divulgando alguma marca... Seja por meio de sorteio em troco de presentes pros filhos, etc... 

Ainda não entrei, até que eu pretendo, mas minha opinião sobre isso é: Depende de como você faz o negócio!

Vendo pela lente de uma 'quase-publicitária' que atua na área de marketing e adora novas mídias, acho fantástico anunciar em um espaço como este. Principalmente dentro do seu segmento, pois fala-se direto com o público-alvo e as mães blogueiras tem uma confiança imensa umas nas outras. (Anunciantes acreditem! Isso pode te dar muito retorno...)

Agora falando com as blogueiras...

Se você deseja fazer isso porque é legal ter uma redinha extra, sem sair de casa, cuidando do bebê, mas mantém o foco do seu blog... ótimo! Seu blog não existe por causa disso, os motivos são maiores e incomparavelmente mais bonitos. O retorno e reconhecimento será uma consequência natural!

Agora se seu foco for o lucro e você transforma seu espaço em um comércio, 
deixando de lado todo o senso, o retorno $$ não vem e você ainda se passa por ridículo... 

É mais ou menos assim que funciona. Num é? Contem-me o que pensam e para saberem o que outras mães pensam a respeito é só clicar no link abaixo:

Bjokas

9 comentários:

  1. Oi Thaliane!
    Adorei seu ponto de vista e sua apresentação. Acho que vc vendeu sua idéia. :) Também sou formada em publicidade, mas já ha 10 anos,e naquela época não se falava em publicidade em blogs. Fiz meu blog para poder escrever e descobri esse mundo de publicidade por tras. é super interessante pra gente que estudou isso, não é? E é isso mesmo que vc falou, tem que fazer com cabeça, mantendo o foco no blog e não nas publicidades. Adorei suas demosntrações em desenho! :)
    Sucesso pra você!
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  2. Ops, Desculpa ter escrito seu nome errado, filho pulando enquanto escrevo, escapou um "a" que não devia... :) Beijos Thaline!

    ResponderExcluir
  3. Bom dia flor! Obrigada por ter prestigiado meu texto la no Porta Filho.
    Vim aqui te explixar que não disse que um bebê perfeito seria loiro de olhos verdes, disse que assim imaginava minha filha pois como toda mãe queria muito que ela fosse parecida comigo (sou loira de olhos verdes e cabelos cacheados) rs... Mas ela veio mais ao pai do que a mim! E continua linda e perfeita... hehe

    Beijos
    Débora

    ResponderExcluir
  4. Amiga passando mesmo para dar um beijão !!!!

    ResponderExcluir
  5. ok ... já que eu li o post não posso sair sem dar a minha opinião né .... já aconteceu algumas vezes de quando eu entro lá no meu cantinho aparece uma msg do próprio blog dizendo .... seu blog é popular que ganhar dinheiro ... alguma coisa do tipo .... mas é justamente pq vejo tantas mamães perdendo o foco que nunca me passou pela cabeça ....

    beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá Thaliane

    Retribuindo a sua visita.
    Adorei o seu comentário.
    Tb acho que não podemos perder o foco no nosso blog.
    Bjks

    ResponderExcluir
  7. Olá Thaliane,
    concordo plenamente com o que vc escreveu. Comecei o Blog para que minha família e amigos acompanhassem o crescimento das minhas filhas e elas faziam coisas tão engraçadas e lindas (mãe-suspeita) que eu queria dividir. Depois vi que podia receber muitas dicas e fazer amigos.
    Gostei! Fiquei!
    Hoje posso dizer que fiz amigas virtuais, que já viraram amigas de verdade. Coisa mais que boa fazer amigos!
    Como eu sempre indicava no meu Blog livros que eu lia com as minhas filhas, mostrava brinquedos que elas gostavam... comecei a receber brindes e propostas de publieditorial. Não tive dúvidas em aceitar, mas com algumas ressalvas óbvias: Eu falaria somente sobre produtos que eu realmente uso na minha casa (ou que tenha topado testar e aprovado), que encaixem no contexto "mães e filhas", que é a proposta do Blog, e coloco também um aviso "este é um publieditorial.
    Claro que essa não é, de jeito algum, minha fonte de renda. E, temos um combinado de usar qualquer graninha na diversão das meninas.
    Enfim, acho que Blogs exclusivamente publicitários não duram, porque a proposta da "blogosfera" não é essa. No mais, as pessoas tem que ter responsabilidade na vida e na internet, né?
    Afinal, o propósito da maioria das blogueiras que eu conheço é fazer amigos usando um amor em comum: filhos. Que mãe recomendaria um produto duvidoso para uma mãe-amiga, não é?
    Resumindo: concordo em gênero, número e grau com o que vc escreveu!
    Seu Blog é muito bacana, estou seguindo.
    Beijos
    Chris
    http://inventandocomamamae.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Oi Thaline.. Vim retribuir a visita.. Passei e também fiquei... :)
    Concordo com você sobre a publicidade nos blogs... Acho que não podemos perder o foco mesmo. O meu blog, por exemplo foi criado pra dividir com a minha filha o que ela fazia quando pequena, pois as páginas de um caderno se perdem com o tempo. Então usaremos a tecnologia a nosso favor.. :)

    Grande beijo
    Carol

    ResponderExcluir