quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Relato do meu Parto - Confissões sobre minha cesárea necessária

                      Dar à luz é algo difícil de relatar. As emoções e sentimentos são bem maiores que as palavras. Mas vou começar dizendo que foi lindo, muito lindo. Anna Sophia é a concretização de um sonho muito sonhado por mim e por seu papai. Desde a infância sempre sonhei em ser mãe. Lembro que eu pensava em vários nomes para meus filhos e ficava dizendo que eu queria ser mãe cedo pra acompanhar todas as fases dos meus filhos com todo vigor e energia. Sempre fui meio precoce, eu confesso. Com 16 anos comecei a namorar o meu esposo Henrique e descobri que ele era realmente o homem da minha vida, a pessoa que Deus escolheu para mim. Quando eu tinha 19 ele me fez uma grande surpresa e me pediu em casamento. Nosso noivado foi tão emocionante. Lembro como se fosse hoje que várias pessoas que estavam presente iam me dar os parabéns com os olhos cheios de lágrimas. Alguns nos criticaram. Inclusive minha sogra. As pessoas diziam estarem preocupadas em como a gente ia viver. Éramos e ainda somos universitários. E não daria pra gente se sustentar sozinhos. Realmente não fomos nós quem nos sustentamos desde que casamos. Deus nos sustentou em todos os momentos desde aquele dia em que eu disse sim para a união e não a solidão. Eu disse sim para o amor e Deus realizou os meus sonhos. Ser noiva foi maravilhoso! Uma sensação única, indescritível! Fiz contagem regressiva para meu grande dia e foi simplismente perfeito. Vocês não vão acreditar. Mas 15 dias após o meu noivado, eu fui a festa das 1001 noivas, um evento anual aqui em Fortaleza. Lá eu participei de um sorteio e ganhei minha festa completa, alguns móveis e lua de mel. Foi quando eu criei esse blog, mas sem a menor noção que ser blogueira é interagir com a blogosfera, esse mundo virtual maravilhoso que só conheci na gravidez. Quem quiser ler meu post do sorteio. Clique Aqui  Dia 1º de maio de 2008 nós casamos.

                         Um dos dias mais felizes da minha vida. De vez em quando eu assisto o Dvd só pra chorar. Foi lindo d+. Tivemos 2 maravilhosos primeiros anos de casados até recebermos um resultado que nos surpreendeu e mudou a nossa vida e tornou os nossos dias ainda mais felizes e incríveis. Vocês já imaginam que resultado foi esse né?! O nosso beta positivo. Como eu descrevo aquele dia meu Deus?! Foi uma mistura louca de sensações. Eu não sabia se sorria, se gargalhava, se chorava, se ligava pros familiares e amigos, se pulava, se gritava... Fiz tudo isso... E fiquei encantada desde o primeiro dia em que soube que Deus havia me privilegiado e estava crescendo um bebê dentro de mim. Anna Sophia foi mais uma surpresa de Deus para mim, eu nunca fui tentante e tomei anti concepcional até 1 mês antes de engravidar. Foi numa transição de métodos...Eu parei os comprimidos em abril para tomar injeção. Mas acabei atrasando nas contagens e não deu outra. Fiquei gravidíssima. Minha gravidez não foi planejada por nós pra agora, mas já estava nos planos do Senhor e foi no tempo Dele. Vivi minha gestação intensamente, curti cada semana, cada mexidinha, cada ultra e cosulta pré natal, cada comprinha para minha bebê. Sofri um bocadinho também, mas hoje eu sei que todos os desconfortos que eu senti durante minhas 39 semanas de gravidez foram para me preparar para ser mãe. No primeiro trimestre eram enjoos matinais, vômitos, pressão baixa e mudanças repentinas de humor. No segundo tri, foi mais tranquilo. O terceiro é o pesado, fase que ganhei mais peso e me senti mais cansada. Ansiei muito por um parto normal e que fosse o mais natural possível e compartilhei várias vezes com vocês.

                           Hoje eu sei que minha cesárea foi um parto normal, pois normal é o traz segurança e saúde para o bebê. Como cheguei a cesárea e ao sonhado nascimento é o que vou contar agora. O último trimestre da gravidez passou lentamente e nele eu fiquei sabendo que minha bebê estava brincando com seu cordãozinho e havia se enrolado nele. Essa circular de cordão causou polêmicas e mais polêmicas. Todo mundo me mandando marcar logo a cesárea, mas eu me mantive firme na decisão de esperar o momento dela, ela daria sinais e eu queria sentir isso. Não suportava a idéia de impor uma data para minha filha nascer. Cheguei as 39 semanas e fui no dia 04 ao meu GO e veio a indicação do médico, ou melhor, a imposição. Ele resolveu marcar minha cesárea para dia 07, pois passar das 40 semanas seria um risco, segundo ele. Vim aqui no blog contar em prantos. Pra ver o post do dia 04 Clique Aqui. Foi difícil de aceitar. Porém Deus não quis assim, Ele mesmo, bem antes do Dr Hermano, havia marcado a data em que minha filha chegaria. No mesmo dia 04 a noite, as cólicas que eu vinha sentindo se intensificaram e eu fui dormir cedo, umas 8 horas eu tinha deitado com dor. Por volta da meia noite eu acordei e fui ao banheiro fazer xixi. A noite não era uma noite qualquer. O céu não estava estrelado, estava chovendo forte e trovejando. Deitei novamente e peguei no sono. 1:15 da manhã senti escorrer um líquido quente e grosso pelas minhas pernas. Acordei toda feliz! Instalou-se um largo sorriso em meu rosto, eu não precisaria esperar o dia 07. Meu trabalho de parto havia começado de fato! Orei agradecendo a Deus e acordei o maridinho. Eu disse: - Mozão minha bolsa estourou. Acho que em menos de 24 horas nossa bebê estará em nossos braços. Ele me olhou meio assustado, ascendeu a luz do quarto e disse... Foi mesmo amor... Tá meio molhado ai. Ai eu expliquei pra ele: Mas não precisamos nos preocupar. Eu li que a gente pode esperar um pouco as contrações ficarem regulares e de manhã a gente vai pro hospital. Ai a gente tentou dormir novamente. Mas em poucos minutos veio o rio... Era muuuuuita água, muuuita mesmo e escura. Eu havia lido que se o líquido fosse escuro, tínhamos que ir ao hospital de imediato, pois o líquido escuro era devido as primeiras fezes do bebê, o mecônio. E o mecônio pode causar infeccção no bebê. Pedi para o amor acordar a minha mãe e ela veio correndo assustadíssima dizendo: - Meu Deus, vai nascer. Eu pedi calma a todo mundo, tomei banho e comecei a sentir as contrações bem mais fortes. A dor ia e voltava. Liguei para o nosso GO e ele disse para eu me preparar e logo pro hospital e ele iria ligar pra lá para prepararem o centro cirúrgico.


                     Poucos minutos depois ele ligou de volta e dessa vez falou com meu esposo. Ele disse que não poderia realizar o meu parto, mas quem iria realizar era um amigo dele que já estava se preparando. Saimos de baixo de chuva e muitos trovões. Minha irmã e meu cunhado nos levaram, passamos por uma rua alagada de dar medo. A força da água foi tão grande que até arrancou a placa do carro. Mas conseguimos passar, graças a Deus. Nesse momento, minha irmã estava cronometrando as minhas contrações e já estavam de 5 em 5 minutos. Quando cheguei lá fui atendida logo. Vesti a bata e o Dr Miguel, com cara de quem estava acordando naquele momento, fez um toque e me disse que eu só tinha 2 cm de dilatação. Acho que mentiu, mas tudo bem. Eu perguntei: Dr não dá mesmo pra esperar e ter minha bebê naturalmente? Ele disse: Não dá querida, sua filha está em sofrimento fetal. Eu aceitei e me colocaram na maca. Minha dores só aumentavam e eu pedi ao Dr Miguel para meu esposo entrar para ficar comigo e assistir o parto. Ele riu da minha cara e disse: -Bebê, seu parto é de risco. Seu marido não pode assistir. Aquilo me deixou tão triste e aflita. Meu parto não ia ser fotografado. Ai que dor no meu coração. Pra completar ele ainda disse: - é nisso que dá esperar pra ter parto normal. Isso é coisa do passado. Eu queria ter um gravador ali pra denunciar. O anestesista demorou um pouco, era tb um bruto. Mas quando ele me aplicou a bendita peridural, minhas dores passaram em menos de 30 segundos. A cirurgia começou e eu tava tentando não me entristecer com tudo aquilo. Senti um cheirinho de churrasco e vi boa parte da cirurgia pelo espelhinho do teto. O pano azul que colocaram na minha frente não o cobriu completamente. Só não vi melhor pq sou míope e estava sem lente e sem óculos. Em poucos minutos, às 3:35 da manhã para ser precisa, eu ouvi o som que eu ansiava ouvir. Aquele que toda mãe se apaixona ao escutar. O choro 'marlindo' do mundo... Fiquei olhando sem parar cada movimento do pediatra que a segurava. Depois que ele mediu o apgar, ele olhou pra mim e disse: Já vou levar mãe. Eu pedi pra ele pra se aproximar e eu fiquei cheirando e olhando a minha bombomzinha. Aquele momento foi...simplismente indescritível! Jamais esquecerei. As reações da anestegia foram um pouco desagradáveis...Vomitei, tremi, senti sede e coceira... Mas tudo passou bem rápido porque eu estava nas nuvens em saber que minha filha tinha nascido e estava saudável.

                       Logo após a cirurgia fui levada para o quarto e mozão veio me abraçar e falar que ela era linda e era a minha cara. Há controvérsias quanto a isso. Mas ela tem muito de mim e muito dele também. Quando levaram ela pra mim, foi outro momento que não conseguirei colocar em palavras. Foi muito forte o que eu senti, muito amor. Agora para finalizar, quero agradecer a Deus por me agraciar com uma filha linda. Paizinho muito obrigada! E também tenho que agradecer muito a todas as pessoas que participaram ativamente de toda a minha gravidez e do nascimento da Anninha.

                    Obrigada marido lindo por estar ao meu lado sonhando junto, me dando todo apoio de que precisei desde o dia em que descobrimos nossa filha. Amo-te infinitamente! Obrigada Anna Sophia, pela bebê fantástica que és desde o meu ventre. Amo você pequenina! A todas as amigas virtuais a minha mais profunda gratidão. Vocês curtiram minha gravidez junto comigo e nós desenvolvemos uma amizade que eu desejo que perdure por muito tempo. Grande abraço


24 comentários:

  1. Ai que lindo! Deve ser uma emoção desmedida! Eu choro só de pensar na primeira vez que verei meu filho!
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Que lindo Thaline!!!
    Deus abençoe vc e o Henrique para terem sabedoria em criar a Anna Sophia.... e que ela seja uma bênção para a vida de vocês!!!!

    ResponderExcluir
  3. ai amiga! q gostoso! tudo, des de saber q vc ganhou o casamento completo... muito sortuda! ate o nascimento dessa princesinha!!! vc fez tdo q era p ser feito, deixou ela agir, se as pessoas a volta q ñ aceitam muito isso, mas vc foi forte! te admiro d mais!!! conta p gente como são as contrações.... eu tenho curiosidade sabe... bjs

    ResponderExcluir
  4. Claro que to aqui em lagrimas né?!
    Relato lindooo demais menina!
    Deus agiu o tempo todooooo em tudo! Bendito Seja!

    SAUDE E AMOR pra vcs 3...

    Bem Vinda Anna Sophia! ♥

    ResponderExcluir
  5. Você é uma guerreira querida! E a Anninha já nasceu sendo seguindo os passos da mamy....vencedora!!!

    Seu relato me faz ter ainda mais certeza de que inúmeras vezes os planos de Deus são completamente diferentes dos nossos, mas sempre são hiper melhores que os nossos!! A Anna nasceu como deveria ser...era pra ser assim!

    O mais importante é que vocês estão bem! Que a familia está reunida e feliz!! Obrigada por partilhar esse momento conosco!!!
    Não vejo a hora de ouvir o choro mais lindo do mundo...o do Elias!!!

    Beijos mil pra vocês!!!

    ResponderExcluir
  6. Amados, que maavilha ver as fotos da Anninha! Ler seus relatos! E saber que estão bem e que Deus é Deus! Muitos beijinhos!

    ResponderExcluir
  7. Liiindo seu relato é de emocionar mesmo!
    Apesar de algumas angustias que passou tudo deu certo e agora sua família está completa!
    Parabéns aos papais e a Anna uma guerreira como a mãe!
    Beijos a todos!

    ResponderExcluir
  8. Li seu post inteirinho. Impossível conter as lágrimas, vcs tem uma historia linda e que se pepertuará pro resto de suas vidas.
    Tô babando a Ana Sophia, ela é linda demais.
    Parabéns.
    :*

    ResponderExcluir
  9. Q linda história! Parabens e muita saúde, paz e amor para vcs!!!
    Grande abração da Ana Claudia
    http://anaivensbaby.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Eu li tudo e amei o post inteiro,
    mas chorei demais numa unica frase:
    "Quando levaram ela pra mim, foi outro momento que não conseguirei colocar em palavras. Foi muito forte o que eu senti, muito amor."
    Fiquei imaginando còmo serà quando eu tiver meu bb nos braços ,nossa Thaline, vai ser mto choro, de alegria, pq nosso Senhor faz coisas tao tremendas!
    Q emoçao ler esse post.
    bjao pra vcs.
    Luly e bb

    ResponderExcluir
  11. LINDA HISTORIA THALINE... AMEI SABER COMO A ANNA SOPHIA VEIO AO MUNDO.. E A HISTORIA DE AMOR DE VCS É LINDA..

    BJUS

    ResponderExcluir
  12. Não vale isso, eu só venho aqui p chorar de emoção..rs ai amiga, q coisa mais lindaaaa! to louca p passar por esse msm momento de ver minha filhotinha pela primeira vez! mal posso esperar por esse momento mágico!! bjusss e posta mais fts da Anna!!

    ResponderExcluir
  13. Oi lindaaa, muitooo emocionante seu depoimento, continue compartilhando conosco todos estes desafios diarios...Bjsss

    ResponderExcluir
  14. Lindas palavras me fizeram chorar , realmente amiga o momento do nascimento é único , não tem palavras para explicar .
    bjs

    ResponderExcluir
  15. É Thaline, as coisas não saíram como vc planejou, mas o importante é que saíram como Deus quis, certo?! Lindo relato. Não vejo a hora do meu Noah nascer tb. Bjsss.

    ResponderExcluir
  16. nossa que post mais lindo!!..
    choreeei tanto..
    que Deus continue sempre abençoando voces.
    Beeeijos

    ResponderExcluir
  17. Que história mais linda, Thaline! Chorei, claro rsrs. Desejo que a vida de vocês continue muito, muito abençoada. Logo a minha hora chegará e eu entenderei um pouquinho dessa emoção tão sem tamanho que vc conseguiu descrever tão lindamente.
    Beijossssssss

    ResponderExcluir
  18. Ai que alívio! Eu achei que meu mamilo ia ficar for ever marrom e enorme! Dizem que se perde de 6 a 7kg já na sala de parto! Tudo de bom!
    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Lindo, Lindo, lindo, lindo Tha!

    Bjos

    ResponderExcluir
  20. Deus é maravilhoso mesmo!!
    Parabéns pela sua força, não vejo a hora de ter meu filhote em meus braços!!
    Muito triste o que esse médico falou, mais nada apaga o brilho do seu momento!!
    bjs

    ResponderExcluir
  21. Que lindo Thaline!!! Chorei com a emoção que vc sentiu. Parabéns mais uma vez pela Anna Sophia, com certeza uma bênção de Deus para vocês!!!

    Lindo demais esse post!!!

    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  22. Thaline!!!!
    Enquanto lia teu post ia passando um filme na minha mente! Parece coisa de cinema!!!!
    O melhor de tudo é que tua princesinha nasceu saudável e trazendo muita alegria pra vocês!!! E nasceu como devia ser.
    Agora nos mantém informada sobre como são os primeiros dias. Afinal, mamãe de primeira viagem aqui é ansiosa por tudo. E eu quero acompanhar tua experiência de pertinho, viu!!!!
    Beijinhossss pra vocês!

    ResponderExcluir
  23. Thaline, mais uma vez você me emociona... Cada frase lida e com emoção, eu relia para meu esposo. DEUS te abençõe infinitamente! Um beijo grande em vc e na linda pequenina ... DEUS te agrac em todos os fatos, nunca se esqueça disso.

    ResponderExcluir